Tags

, , , , , , , , , , ,

Boa noite apimentadas!

Muita gente já viu alimentos orgânicos nas prateleiras dos supermercados, mas não comprou, por não saber do que se tratava. Pois bem, fiz uma breve pesquisa para esclarece-los  😉

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), todo ano publica um relatório sobre o grau de contaminação dos alimentos por agrotóxicos. Na última análise divulgada em Dezembro de 2011, constatou-se que os níveis de resíduos de agrotóxicos eram maiores do que o permitido em 99% das culturas avaliadas. E pasmem! Haviam até substâncias não autorizadas pelo governo federal e proibida em vários países por causarem câncer, problemas hormonais e neurológicos.

Os agrotóxicos, são usados pelos agricultores para afastarem pragas, insetos e etc. porém, o consumo destas substâncias a longo prazo é prejudicial à saúde.

A solução é consumir alimentos orgânicos.

Mas o que é isso?! Você deve estar me perguntando.

Existem, verduras, legumes, frutas, ovos e até carne orgânica! (Falarei somente da agricultura orgânica, já que nosso foco é vegetarianismo).

As verduras, legumes e frutas, são cultivadas sem agrotóxicos, produzidos segundo critérios rígidos de qualidade, por agricultores que fazem parte de associações de agricultura orgânica. Eles utilizam apenas métodos e práticas ecológicas em suas plantações.

E a vantagem de se consumir um alimento assim é imensa, além de não possuírem agrotóxicos, também são mais nutritivos. Pode pesar um pouquinho mais no bolso inicialmente, mas com certeza sua saúde será outra, logo você não gastará tanto com outras coisas, como médico e remédio. Os alimentos são o combustível do nosso corpo. Já viu carro que dá problema por utilizar combustível ruim? Então, a mesma coisa acontece conosco.

Outra coisa que me chamou bastante a atenção é o respeito à natureza. Para a agricultura orgânica, a regra número um é a de não agredir a natureza, mas trabalhar em harmonia com ela.

E aí? Vale a pena investir em você e no planeta, não?