Tags

, , , , , ,

Pessoal, recebemos vários textos muito bacanas, para escolhermos algumas colaboradoras, na próxima Sexta-feira daremos o resultado, enquanto isso, postaremos um texto por dia das meninas que enviaram, porém os que mais gostamos (adoramos todos! Tá?!). As meninas estão mandando super bem, só gente de qualidade! 🙂

Esse primeiro é da Jornalista Dione Nègre, idealizadora da revista What If! Coisa muito boa que está vindo por aí. Aliás, terá participação minha. 😉

Confiram o texto inspirador da Dione!

Beijos,

Bru.

As pessoas me perguntam muito como fazer para estar na moda. É muito simples: antes de mais nada, é necessário estar de bem consigo mesmo, se autoconhecer, compreender seu próprio “eu”, sua maneira de ver e viver a vida, conhecer muito bem seu corpo, suas características físicas e emocionais. Aceitar-se a amar-se são fundamentais. É o começar de dentro, para depois ir para fora.

Gosto muito do “Guia de Estilo de Ines de La Fressange”, em “A Parisiense”, principalmente quando diz “que é preciso pouco para se conseguir um verdadeiro estilo“. Segundo ela, o pré-requisito essencial é ter autoconfiança…e sorrir! Um belo sorriso, que vem da alma, é capaz de impactar qualquer um.

Não deve faltar em seu armário peças básicas de qualidade e bons acessórios. Ter somente o essencial e tudo bem organizado é totalmente in. A boa produção é uma questão de composição. Todo seu estilo pode estar apenas nos acessórios.

Nem sempre estar na moda é usar roupas de grife ou consumir além do bom senso. Basta desenvolver “seu” olhar perante tudo e todos. Estar na moda, acima de tudo, é ser íntegro, ser gentil com todos, independente de classe social, credo ou cor. É ter coragem de ser você mesmo!

Dione Nègre