Tags

, , , , , ,

Flá é uma das possíveis colaboradoras! Olhem só o que ela nos enviou 🙂
Lembrando que hoje a noite, lá do nosso primeiro bazar, postaremos oficialmente quem serão as nossas colaboradoras oficiais!
Não pudemos publicar todos os textos, foram 9… como combinamos postamos os que mais curtimos e nos identificamos!
.
.
.
.
RP, geminiana, salto alto nas horas vagas. Tatuagem, Beatles e uma dose de Jack Daniel´s nas horas cheias. Blogueira por hobby no 
 
Linda em tamanho G
.
Uma das coisas que mais gosto quando navego em blogs que abordam moda e estilo é conferir os looks das meninas. Fico babando em 90% dos casos.
Acho muito legal porque servem de inspiração e também estimulam a nossa criatividade.
Se antes eu passava longe das araras com peças amarelonas, ou então achava “uóóó” aquele sapatinho laranja na vitrine da loja, hoje, graças aos blogs da vida,  já consigo visualizar, por exemplo, que uma saia amarela com uma blusinha X pode resultar em uma combinação super fofa, e que um sapatinho laranja com tal e tal peça podem criar um look totalmente equilibrado e lindo!
.
Pois bem, a única coisa que ainda não encontrei nos blogs  são sugestões de looks para quem é plus.
Não me refiro apenas à pessoas gordinhas que tem “excesso de gostosura” (hehehe), mas principalmente para quem é grande. E sim, há uma diferença entre ser gordinha e ser grande. E não, não tem nada a ver com altura também. rs
Explico:  eu não sou gorda, mas eu sou grande, entende? A minha estrutura óssea é larga e, para piorar, eu sou baixa. Sabe as mulheres melancias da vida? Então, é tipo isso.
MENTIRA! haha
Não vamos exagerar… mas, infelizmente, já fui descrita por aí como “fortinha”, “ossos largos”, “mais avantajada”, ou os tão “carinhosos” “cavala” ou “parruda”. Ou seja, vou para a terapia todo santo dia! hahahaha (brincadeira).
.
O fato é que tenho ombros e quadril largos, o que signfica um verdadeiro transtorno para encontrar roupas lindas e estilosas que sirvam em mim sem eu parecer 3x maior ou uma sem noção com roupas apertadas justinhas. Como assim?  Bom, eu não “entro” nem por reza num tamanho P, tenho algumas facilidades às vezes com o tamanho M, e o G horas fica bom, horas fica enooorme.
Fora as calças jeans que são um drama à parte na minha vida… Juro!
Primeiro porque eu não sei que número eu uso. Cada calça que tenho é de um número diferente, mas, infelizmente, nenhuma no tamanho 40 para baixo. hahahaha
Tem tamanho 42 que fica bom, 42 que fica apertado, 44 que entra, 44 que sobra…
Represento a classe das mulheres que só encontram a salvação do M para cima e não entram em calça jeans com tamanho abaixo de 42.
Curtiram?