Tags

, , , , , , ,

Celulite todas nós temos, umas mais outras menos, nossas queridas Grazielle e Melinda fizeram um excelente texto explicando bem desde o começo, como é formada até os tratamentos possíveis.

Quer ficar sabendo mais um pouco sobre saúde e estética? Mande e-mail com sua dúvida para cerejanpimenta@gmail.com que elas respondem!

A celulite é uma modificação particular das células de gordura e das fibras de colágeno. A
celulite é na verdade, um resultado de uma acumulação excessiva de gordura nas camadas
mais profundas da pele. A celulite reduz a circulação sanguínea e provoca problemas ao nível
do metabolismo celular.

Ela também diz respeito à mobilização de água em algumas partes do corpo humano.
Conhecido por outros nomes como “casca de laranja”, “colchão” ou lipodistrofia superficial, e
chamada de Dermatopaniculopatia edemato-fibroesclérótica pelos cientistas. A celulite é uma
condição esteticamente desagradável que afeta principalmente as mulheres.

Causas da celulite

Lembre-se que a pele é composta de três camadas superpostas: a epiderme que forma o
revestimento externo, no qual se encontram sucessivamente, a derme e a hipoderme. Esta
última possui células adiposas ou adipócitos. Lá, eles estão divididos em pequenos espaços
limitados acima pela epiderme, pelos músculos e lateralmente pelas fibras.

Quando as reservas de gordura se sobrecarregam, esses espaços delimitados pelas fibras se
expandem e fornecem externamente à superfície da pele uma aparência irregular como uma
casca de laranja. Ela também leva a compressão dos vasos de irrigação local. Posteriormente,
os resíduos ou toxinas são mal eliminados e a água fica retida no corpo. É a formação da
celulite.

Entre os hormônios, os estrogênios são de longe os mais frequentemente responsáveis pela
produção excessiva de adipócitos. Os distúrbios hormonais e certos períodos fisiológicos
das mulheres impulsionam o aspecto de “casca de laranja”. O mesmo acontece na fase da
puberdade, gravidez e climatério.

– Mulheres que tomam anticoncepcionais (pílula), antihistamínicos ou corticóides são facilmente
acometidas pela celulite.

– Alguns maus hábitos alimentares favorecem o excesso de reserva lipídica no corpo. Pessoas
que gostam de alimentos muito salgados, gordurosos e pobre em fibras, amido ou açúcar, são
mais expostos aos problemas da celulite.

O sedentarismo aumenta o acúmulo de gordura e impede a circulação do fluxo venoso e
linfático. A obesidade promove a produção suplementar de hormônios, também responsáveis
pelo aspecto de “casca de laranja”. O hábito de fumar acentua os problemas de circulação
sanguínea causados pela celulite. Além disso, a perturbação do retorno venoso, como varizes,
linfoedema ou retenção de linfa devido à obstrução dos vasos linfáticos e retenção de líquidos,
agrava a aparência de “colchão”. O fator hereditário e o estresse têm um papel significativo na
formação da celulite.

Sintomas da celulite

A celulite atinge principalmente as mulheres, ela se manifesta pelo aparecimento antiestético
na superfície da pele de um aspecto de “casca de laranja”.

Ela se situa geralmente no pescoço, nádegas, abdômen, a região lateral atrás do braço e na
parte posterior das coxas. A área da celulite varia em função da morfologia da cada indivíduo.
A celulite nas mulheres mais magras aparece principalmente nas coxas e nádegas, formando
os famosos “culotes”, enquanto na maioria das mulheres, aparece em volta dos seios, coxas ou
barrigas.

As áreas afetadas pela lipodistrofia parecem pesadas e apertadas. Elas se tornam dolorosas à
palpação ou pressão.

As ondulações na parte interna dos joelhos e tornozelos provêm da insuficiência venosa e
linfática. A pele facilmente apresenta equimoses e manchas e podem ter formações varicosas.
O paciente se queixa de peso, cãibras e formigamento nas pernas.

Diagnóstico da celulite

O diagnóstico da celulite é fácil, a compressão da pele afetada mostra o aspecto irregular da
superfície da pele. Pesquisas sobre as causas e fatores de risco podem orientar o paciente e o
médico para tomar as medidas terapêuticas adequadas.

Complicações da celulite

A celulite incomoda um monte de mulheres por causa do problema estético. Ao longo de sua
evolução, a gordura subcutânea fica mais espessa e mais densa. Elas contraem os vasos
sanguíneos e nervos. Em consequência, os pacientes sofrem de constrangimento físico e uma
hipersensibilidade à dor ao tocar até mesmo uma pequena região. À longo prazo, “a casca de
laranja” leva ao acúmulo de toxinas no organismo.

Tratamento da celulite

O objetivo do tratamento é diminuir o grau da celulite, torná-la menos visível na pele. Sessões
repetidas de MASSAGENS E ELETROTERAPIA são feitas até obter o resultado estético
desejado. Uma alimentação saudável é indispensável para um bom resultado no tratamento.

E por fim podemos citar também a mesoterapia e a lipólise são técnicas que envolvem a
injeção de produtos em uma mesma lesão e, podem ajudar no caso da celulite.