Tags

, , , , , , , , ,

Há tempos se discute se Moda é Arte, uns pensam que sim, outros pensam que não, eu não tenho uma absoluta a vocês, mas posso dizer que as duas andam bem próximas, ambas usam códigos conceituais e visuais, expressam anseios da sociedade, valores e vivências, ambas desejam criar.

A grande verdade é que é difícil dissociar Moda de Arte, ela sempre será, sem dúvidas, um meio dos estilistas se inspirarem, vemos todo momento algum vestígio dela em coleções.

Um grande nome da Moda que durante toda sua carreira passou pelo mundo das Artes trazendo diversas referências para suas coleções, foi Yves Saint Laurent.

Em 1965, Piet Mondrian foi homenageado por Yves Saint Laurent, com o vestido que reproduz sua famosa obra Neoplástica, que se caracteriza por pinturas cujas estruturas são definidas por linhas pretas, essas linhas definem espaços que se relacionam de diferentes modos com os limites da pintura, e que podem ou não serem preenchidos com uma cor primária.

Em 1966 YSL em sua coleção Outrono/Inverno trouxe referências da Pop Art de Andy Warhol e Wesselmann.

Na coleção de 1988, Van Gogh foi o homenageado, seus Lírios e Girassóis foram reproduzidos em boleros , peças de alta-costura, o bordado leva cerca de  250 mil lantejoulas.

YSL, trouxe muito mais referências, como Matisse, Monet, Picasso, Braque entre outros.

Isso explica o estrito e irrefutável laço entre a Moda e a Arte, dois meios que se expressam por códigos visuais o que somos, o que sentimos, quais são as nossas ideologias.

O ato de se vestir faz bem isso, a roupa tem o poder de falar por si só, assim como a Arte.