Tags

, , , , , , , ,

Há alguns anos estive em Tókio e Kyoto, no Japão. Após desembarcar no aeroporto de Narita, pude comprovar a riqueza do país , o jeito sereno dos japoneses e o respeito com o outro. Inesquecível e fascinante, no qual você simplesmente se emociona.  Lá existe um estilo urbano extremamente moderno, bonito, relaxante, profundo, elegante, desejável, substancial, histórico e cultural. Poderia escrever um livro só sobre as experiências mais marcantes. Contudo, sintetizo em poucas palavras neste cantinho tão especial do Cereja n´ Pimenta.

Na verdade, mais admirada e impressionada com a questão da hospitalidade carinhosa dos japoneses e no aspecto ao comprometimento com os horários! A pontualidade é a marca registrada. Amei!

Apaixonada pela gastronomia japonesa, mais que uma paixão! Em Tókio provei as delícias do lugar… e é claro não resisti, tive que ir aos supermercados e feiras ao ar livre. As frutas e verduras são extremamente variadas porém bastante caras e vendidas em pacotinhos, já embaladas. É fabuloso olhá-las nas prateleiras dos supermercados. Primeiro pelas cores lindamente expostas, um arco-íris na terra, segundo por visualizar as frutas de todos os lugares do mundo: Brasil ? Sim, as bananas estão por lá! Yummy!

No supermercado apreciando os quitutes japoneses, ou melhor, a diversidade de frutas.

O ¥ – “IENE é símbolo da moeda do Japão” –se você , leitor, que está curioso para saber quanto vale. É só converter para a nossa moeda.  Verá o quão dispendioso custam as frutinhas.

Todos os alimentos rigorosamente armazenados nas prateleiras.

A magia gastronômica sobretudo para quem ama confeitaria- cada local uma benção, um prazer constante de admirar as cores e a arte do universo japonês.

Outra particularidade japonesa – nas refeições tradicionais à mesa é costume dizer:”itadakimassu” que significa mais ou menos pedir licença ou permissão para comer algo… Fala verdade, não é esplêndido? E ao terminar, os lindos e queridos japoneses, demonstram um enorme agrado após a refeição. E com isto eles dizem: “gotissossama deshita” – obrigado pelo alimento! Responda: Como não se apaixonar por eles? Eu preservo esta beleza e encanto durante as refeições, logo tornei-me fã incondicional.

Já a palavra gohan”,  é o termo que se refere ao arroz cozido, que é a base da alimentação dos japoneses…Nossa, nunca comi tanto arroz, inclusive no café da manhã.

Já aos amantes da moda, vale ressaltar o bairro Ginza que é, sem dúvida, um dos mais elegantes de Tóquio. As lojas são sofisticadas, existem consumidores de todo o mundo que transitam por suas amplas avenidas observando as vitrines das “maisons” dos grandes estilistas. Sucesso absoluto!
Os grandes shoppings possuem setor de alimentação onde se pode adquirir todo tipo de comida japonesa pronta para saboreá-la em casa. Ou mesmo nos corredores dos shoppings, trens e praças. Eles não se incomodam de fazer uma boa refeição em público.

É inacreditável a preocupação intensa no aspecto limpeza. Não encontramos lixos nas ruas, as embalagens plásticas tais como garrafas devem ser separadas de lixo orgânico e de lixo inflamável.

Ao comprar uma bebida na rua, o saquinho deve colocado na bolsa até encontrar um coletor de lixo seletivo. Bárbaro, não é? Viva o país limpo e organizado!

Neste bairro luxuoso , ás vezes  fachada simples e pequena, mas no interior da loja um ambiente grande com vários andares, muitas especializadas em roupas típicas como os quimonos (vestimenta típica japonesa), guetás (chinelo de madeira) e variedades de sombrinhas lindas e decoradas com rendas para se esconder do sol forte.

Em Kyoto, em  torno de 500 quilômetros de Tókio,  tem infinidades de atrações como os templos budistas, pavilhões, jardins e palácios. Divinamente perfeitos. Eles incorporam a essência da elegância arquitetônica. Silenciosos e imponentes. Estive pertinho do Pavilhão de Ouro.

Foto: Pavilhão de Ouro – a sensação de paz é inigualável!

Foto: Jardins em Kyoto!

 Por fim, a cerimônia dos chás  – é um ritual para servir chá verde aos convidados. Este momento  dura em média de três a quatro horas e é tão minucioso que é considerado uma representação artística e filosófica da cultura japonesa.

Para aproveitar o assunto, abaixo uma receita super especial para saborear com chá de sua preferência. Bolachinhas de aveia e banana: super leve, saudável e fácil de preparar.

Bolachinhas de aveia e banana

  • 5 Bananas amassada
  • 5 colheres de sopa de aveia em flocos
  • 3 colheres de chá de canela em pó
  • Nibs de cacau(bolinhas de chocolate)

Preparo:

  1. Untar uma forma com óleo de coco. Reservar.
  2. Misturar os ingredientes.
  3. Moldar os coockies e levar ao forno pré-aquecido  até secar a massa.
  4. Servir com chá de sua preferência.

Dica importante: ao preparar o chá preferido, evite utilizar açúcar ou adoçante. Sinta o sabor da erva preparada e pense em momentos saudáveis e relaxantes.

E para quem deseja conhecer melhor os costumes Japoneses. Dois filmes sensacionais

  1. Encontro e desencontros– 2003 – Sofia Copolla
    1. 2.       Memórias de uma gueixa – 2004 – Rob Marshall – inclusive esta produção foi gravada em Kyoto.

Por hoje é isso, aproveita para agradecer ao seu alimento! Faz bem para a nossa paz interior!!!!

Sayonara( até mais em japonês).

Vanda Rittmann