Tags

, , , , , , , ,

“Se quer saber como é o estilo de cada família em uma casa, basta olhar para a sua mesa de refeições”.

Todos sabem que os produtos orgânicos são sempre importantes no meu trabalho e na minha vida diária. Os produtos fora de época ou até mesmo àqueles que são cheio de agrotóxicos não contém determinadas riquezas. Explico.

Fantasticamente os alimentos da nossa querida natureza orgânica ajuda-nos de forma singular!!!!! Sim, ela nos mostra a importância dos nossos cinco sentidos de forma natural e viva.

Penso que os pilares essenciais de uma boa refeição buscam o bem-estar e a vitalidade. No mundo moderno ocorrem a poluição e o constante estresse no trabalho, no trânsito e em alguns setores da vida. E constatando, justamente por isso, devemos nos interessarmos ainda mais pela nossa refeição diária. É fato que os alimentos ingeridos são destinados a tornar-se uma parte viva de nós mesmos. Eles são uma extensa fonte de energia, nos quais são físicas, mentais, emocionais ou espirituais.

Acho excitante, belo.Ímpar! Por quê? Porque se prestar atenção aos elementos nos momentos de suas refeições sentirá estar em paz consigo mesmo. Sentirá cuidar com carinho da sua “máquina”, do seu maravilhoso corpo!

Quando saboreamos o café da manhã,o almoço,o jantar ou devoramos algo entre as refeições poderá prestar um pouquinho mais de atenção no olfato,na visão, na audição, no tato e certamente no paladar. Exatamente. Estes cinco elementos são fundamentais para enriquecer o seu prato e consequentemente ajudar na sua saúde.

Bom, o olfato – Por meio do olfato o homem, assim como os demais animais, percebe diferentes odores. Em comparação com o olfato de outros mamíferos, o olfato do ser humano é pouco desenvolvido. Por isso vamos nos atentar a eles. Esta palavra “queridinha” está relacionada com às emoções e ao paladar.Mesmo que não veja o alimento – você sente àquele cheirinho e vem tantas recordações. Remete,muitas vezes, ao passado!

Logo, teremos a visão: porque os “olhos também comem”. E na gastronomia é trabalhado isto intensamente porque muitas vezes

basta um olhar sobre um determinado alimento para decidirmos se o comemos ou não, o que por vezes nos pode enganar, porque só o aspecto não é tudo…E se o cheiro une com a visão…hum o caminho está perfeito!!!

Em seguida, temos outro elemento fundamental, a audição: que é este o sentido que nos permite ouvir. Lembra de algo no qual comemos e soa um “crack, crack?” pois então, ele faz nos deliciar e gostar mais do que é consumido. O cérebro percebe rapidamente o barulhinho do carvão queimando para o churrasco ; do azeite de oliva ou manteiga quente na frigideira; da rolha do espumante em grandes comemorações ;ao barulho da massa folhada se quebrando e derretendo ao ser degustada. Isso tudo faz parte da maravilhosa experiência que a audição nos proporciona.

Após, o tato é primordial também. Ele nos permite sentir, tocar os alimentos. A língua em si é capaz de distinguir as características do alimento, tais como: textura, densidade, temperatura.O tato é muito importante na escolha de certos alimentos tal como uma fruta. Sabe aquele momentinho que está na feira ou no supermercado e você faz uma comunicação não verbal com a fruta para saber se está no ponto de ser consumida? Então não desmereça estes detalhes.

Por fim, o PALADAR – hum este tem que ser salientado de maneira mais que especial, é ele que induz a SENTIRMOS O SABOR DOS ALIMENTOS! Ele trabalha através das papilas gustativas as quais estão encarregadas de identificar o doce, o amargo, o ácido e o salgado. Os gostos são incrivelmente influenciados ou modificados de acordo com o calor, frio e circunstâncias como cultura, hábitos alimentícios, idade e conhecimento sobre a comida. Por isso é fundamental conhecer os cinco sentidos.Desta maneira, você pode aproveitar bem o prato no qual está se alimentando.

Se prestar bastante atenção nestes aspectos , tenho certeza de que até a sua mastigação irá melhorar e consequentemente refinará o seu paladar.

Receita:

Um coquetel de vitalidade!

> 2 colheres de açaí

> 1 colher de mel

> 1 colher de sopa de canela em pó

> 5 morangos orgânicos

> 100 ml de água mineral

> 1 noz

> 1 amêndoa sem casca

Preparo:

1. Juntar todos os ingredientes no liquidificador e bater até ficar homogêneo. Servir imediatamente

Dica: se preferir, utilizar gelo para ficar em forma de shake.

“São numerosos os caminhos que nos levam ao bem-estar e a vitalidade.Você propõe o seu caminho.”

Biêntot – até breve!

Vanda Rittmann